Imprimir

Especialização da FJP propõe repensar e avaliar o papel do Estado

Data de publicação .

 Curso é voltado para a compreensão da dinâmica do poder executivo em questões centrais da gestão

 

 

 

Quais são as competências de um servidor público? O profissional que atua na administração pública está preparado para desempenhar suas funções? Ele compreende a importância de seu trabalho e seu impacto na prestação de serviços e na melhoria das condições de vida da população? Para responder a essas questões o Curso de Especialização em Administração Pública e Planejamento Governamental (CEAPPGG) da Fundação João Pinheiro (FJP)  tem a proposta de ampliar a capacidade do aluno de repensar e avaliar o papel do Estado e da administração pública.

 

 

 

Com duração de 18 meses, o CEAPPGG está com inscrições abertas até 28 de junho. O cursocombina disciplinas teóricas com módulos destinados ao exame especializado e prático de questões centrais do planejamento governamental, das finanças públicas, da gestão de pessoas e de patrimônio, da administração de contratos e convênios, da produção e do gerenciamento de informações.

 

 

 

Na prática - Graduada em Engenharia Agrícola e estudante do curso de Gestão Pública na Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg), Érica Sepúlveda resolveu cursar o CEAPPGG com a intenção de compreender melhor as disciplinas e se preparar para concursos públicos. Mas ela foi além. “O curso me abriu caminhos e possibilidades e não apenas estou fazendo estágio no Ministério Público de Minas Gerais como dei início a uma nova graduação”, conta. “Ter feito esta especialização foi um dos passos mais alavancadores para a realização do meu sonho de ser servidora pública e contribuir para uma sociedade mais justa”, afirma.

 

 

 

Servidora da Secretaria de Estado de Saúde há mais de dez anos, Rosana Parra teve uma motivação diferente para se inscrever no curso de especialização da FJP. Mestre em Saúde Pública, ela buscava compreender o contexto global da Administração Pública e suas inúmeras interfaces. “O curso possibilitou o aprimoramento de processos de trabalho que envolviam atividades anteriormente realizadas com pouco embasamento teórico e me propiciou subsídios para discussões e tomadas de decisão, bem como a disseminação do conhecimento entre membros da equipe”, destaca.

 

 

 

Esta também é a opinião de Ângelo Viegas, servidor da Secretaria de Estado de Educação. “A formação no CEAPPGG ampliou consideravelmente meu conhecimento nas áreas de gestão e governança, com foco no aprimoramento da Administração Pública. Aliando os conteúdos apreendidos a um ambiente que busca inovação e soluções transformadoras, alcancei melhores resultados na gestão de pessoas, de processos e de negócios no órgão em que trabalho”, avalia.

 

 

 

Funcionário da MGS, Leandro Moreira, que trabalha na Secretaria de Estado de Governo, também ressalta a importância do conhecimento teórico para o desempenho das suas funções. “Realizava diversas atividades de forma prática, mas com uma visão limitada do processo e pouco conhecimento da legislação referente à área de planejamento e orçamento, em que atuo”, pontua. “Por meio do curso, obtive uma visão ampla de contratos, licitações, recursos humanos, enfim, um panorama da Administração Pública, o que facilitou bastante minha relação com outras diretorias e contribuiu com a realização do meu trabalho e, consequentemente, sua valorização”, conclui.

 

 

 

Inscrições -Os interessados em participar do processo seletivo para o Curso de Especialização em Administração Pública e Planejamento Governamental podem se inscrever por meio do endereço https://is.gd/selecaoceappgg.

 

 

 

Seleção -O processo seletivo será realizado por meio da análise de currículo. Serão avaliadas a formação do candidato (nota média obtida no curso de graduação e em cursos de pós-graduação), experiência técnica profissional relevante e experiência acadêmica e de pesquisa (durante ou após a graduação), conforme critérios de pontuação constantes no Anexo I do edital.

 

 

 

Aulas - As aulas terão início no dia 12 de agosto e serão ministradas no campus Brasil da Fundação João Pinheiro (Avenida Brasil, 674, Santa Efigênia - Belo Horizonte), das 19h às 22h, três vezes por semana, entre segundas e quintas-feiras.

 

 

 

Investimento -O valor do curso pode ser pago em 15 parcelas de R$ 534, a partir da data da matrícula.

 

 

 

Cronograma

 

 

 

 - Até 28 de junho: inscrições

 

 

 

 - 11 de julho a 6 de agosto: matrícula - 1ª chamada

 

 

 

 - 7 e 8 de agosto: matrícula - 2ª chamada

 

 

 

 - 12 de agosto: início das aulas

As inscrições também podem ser realizadas por:

 

 

Por Débora Drumond 

Assessoria de Comunicação | Fundação João Pinheiro

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  | www.fjp.mg.gov.br

Informações para a imprensa: (31) 3448-9561 | 3448-9588

--------