Imprimir

Graduação em Administração Pública da FJP é primeiro lugar na avaliação do Enade

Data de publicação .

Ao todo, 1.857 cursos da área de administração de todo o país foram analisados e qualificados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

imagem de destaque

Curso de graduação em Administração Pública é a segunda etapa de um concurso promovido anualmente



O Governo de Minas Gerais, por meio da Fundação João Pinheiro (FJP), está comemorando mais um excelente resultado em avaliações oficiais de cursos de graduação do Brasil. Desta vez, a graduação em Administração Pública (Csap), ministrada pela Escola de Governo da instituição, foi classificada em primeiro lugar entre os 1.857 cursos de Administração Pública e Administração do país no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

No ranking geral, que engloba 8.121 cursos superiores de todas as áreas, o Csap obteve a segunda colocação, considerando a nota bruta geral. Divulgado esta semana, o resultado é relativo ao ano de 2015, visto que a avaliação é realizada com periodicidade trienal pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

“Esse resultado reflete a excelência da formação ministrada aos alunos do Csap e corrobora a consolidação de um modelo inovador, onde a maioria dos professores do curso atua na própria FJP ou em outros órgãos estaduais, configurando uma salutar combinação entre conhecimentos teóricos e experiência prática”, avalia o presidente da Fundação João Pinheiro, Roberto Nascimento.

“Com isso, o Governo de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e da FJP, coloca à disposição da administração estadual profissionais competentes para o desenho, implantação e avaliação de políticas públicas visando à melhoria das condições de vida da população mineira”, observa.

“Os alunos, professores, demais servidores da Escola de Governo e da FJP estão de parabéns. Para nós, como Governo do Estado, além do significado da qualidade atestada, ficamos também muito felizes por ver os escassos recursos de todo o povo mineiro, administrados pelo Estado, continuarem financiando o curso e podermos ter este extraordinário retorno”, afirmou o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães.

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes avalia o desempenho de universitários em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação, ao desenvolvimento das competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e ao nível de atualização sobre a realidade brasileira e mundial.

Em conjunto com os processos de Avaliação de Cursos de Graduação e de Avaliação Institucional, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), destinado a mensurar a qualidade dos cursos e instituições de educação superior (IES) de todo o Brasil.

Excelência

O Curso de Administração Pública e a Escola de Governo da Fundação João Pinheiro mantêm tradição na obtenção de conceitos elevados também no Índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação (Mec) e na avaliação do Guia do Estudante, utilizado como instrumento de auxílio aos estudantes na procura por instituições de ensino superior de qualidade: no triênio 2013-2014-2015, o Csap obteve nota 4 no IGC e, no período 2014-2015-2016, recebeu 5 estrelas na avaliação do Guia do Estudante.

Para a Diretora Geral da Escola de Governo da FJP, Letícia Godinho, os bons resultados nas principais avaliações do país vêm reforçar a condição de referência da instituição na área de ensino da administração pública.

“Existe um esforço permanente por parte da equipe da Escola de Governo e da Fundação João Pinheiro como um todo para promover o aperfeiçoamento do curso e adequá-lo às inúmeras necessidades da gestão pública”, afirma.

Csap

Oferecido de forma gratuita, o curso de graduação em Administração Pública da Fundação João Pinheiro é a segunda etapa de um concurso público promovido anualmente pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e pela Fundação João Pinheiro. Com duração de quatro anos, o curso exige dedicação exclusiva e oferece uma bolsa de estudos mensal correspondente a um salário mínimo.

Após formados, os bacharéis recebem o título de Administradores Públicos e são nomeados para atuar como Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) em um dos diversos órgãos e entidades da administração direta, autárquica e fundacional do poder executivo estadual.

Essenciais para o para o aprimoramento da gestão pública em Minas Gerais, esses profissionais são aptos a trabalhar nas áreas de planejamento e avaliação, administração financeira e orçamentária, contabilidade, modernização da gestão, racionalização de processos, gestão e tecnologia da informação, recursos logísticos, recursos materiais, recursos humanos e administração patrimonial.

 

Fonte: Agência Minas