Imprimir

Atividades de Extensão / Imersão

"A Extensão Universitária é o processo educativo, cultural e científico que articula o Ensino e a Pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre universidade e sociedade. A Extensão é uma via de mão dupla, com trânsito assegurado à comunidade acadêmica, que encontrará, na sociedade, a oportunidade de elaboração da práxis de um conhecimento acadêmico. No retorno à Universidade, docentes e discentes trarão um aprendizado que, submetido à reflexão teórica, será acrescido àquele conhecimento. Esse fluxo, que estabelece a troca de saberes sistematizados, acadêmico e popular, terá como consequência: a produção do conhecimento resultante do confronto com a realidade brasileira e regional; a democratização do conhecimento acadêmico e a participação efetiva da comunidade na atuação da Universidade. Além de instrumentalizadora desse processo dialético de teoria/prática, a Extensão é um trabalho interdisciplinar que favorece a visão integrada do social."

O Plano Nacional de Extensão Universitária - Coleção Extensão Universitária FORPROEX, vol. I

Projetos de Extensão em andamento na Escola de Governo da Fundação João Pinheiro:

João Pinheiro Júnior

Desenvolvido em conformidade com o conceito de empresa júnior, a João Pinheiro Júnior presta serviços de consultoria, assessoria e elaboração de projetos nas diversas áreas da gestão pública, atuando junto a órgãos das esferas municipal, estadual e federal. Os objetivos são desenvolver profissionais capazes de contribuir para a melhoria da administração pública e proporcionar aprendizado e experiência extracurricular aos estudantes do curso de Administração Pública. 

Fica Ativo! Cidadania

Por meio desse projeto, a Escola de Governo promove a interação dos estudantes de Administração Pública com alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de escolas públicas. A ideia é oferecer a oportunidade de compartilhamento de experiências para a construção de conhecimentos mais amplos, possibilitando a identificação dos futuros gestores públicos como cidadãos capazes de atuar de maneira transformadora diante das contradições sociais. Em encontros periódicos são discutidos temas que estimulam a reflexão sobre direitos individuais e sociais e cidadania, em seu sentido mais amplo, correlacionando-os à questão social e histórica em que estão inseridos. Como estímulo à autocrítica, o planejamento, desenvolvimento e a avaliação desses encontros são realizados pelos próprios estudantes da Escola de Governo.

Fica Ativo! Repensar

Concebido para oferecer oficinas sobre temas ligados às artes, à cultura e à cidadania a jovens em situação de vulnerabilidade, esse projeto tem o objetivo de construir, em conjunto com os participantes, condições para o seu empoderamento por meio do fortalecimento dos laços comunitários e de ações coletivas em prol de direitos dos quais estão sendo privados.

OPP (Observatório de Políticas Públicas)

Criado para ser um espaço para pesquisa e discussão sobre políticas públicas, o projeto visa estimular a produção acadêmica e o debate qualificado dos graduandos acerca de temas predefinidos entre professores orientadores e estudantes.

Desenvolvido em grupos temáticos sob orientação de professores / pesquisadores da Fundação João Pinheiro, o projeto também estimula a publicação dos trabalhos acadêmicos resultantes da iniciativa.

Cursinho Educar

Organizado e gerenciado por meio de parceria entre o Núcleo Social da João Pinheiro Júnior e a Gerência de Extensão e Relações Institucionais (GERI), o projeto consiste em um curso noturno anual preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem. Realizado no campus Brasil da Fundação João Pinheiro, o cursinho é oferecido de forma gratuita. Com aulas de diversas disciplinas ministradas de forma voluntária por estudantes de Administração Pública, o curso tem o objetivo de promover a integração social e econômica de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, ampliando suas chances de ingresso no ensino superior ou de obter a certificação do ensino médio.  

Sociedade de Debate

Voltado para o desenvolvimento da capacidade de pesquisa, retórica e argumentação como forma de ampliar a reflexão, a troca de informações e o respeito por diferentes posicionamentos, o projeto coloca em pauta debates preferencialmente relacionados às políticas públicas e temas de relevância para a sociedade contemporânea. Utilizando regras construídas junto com a Sociedade Mineira de Debates, cada encontro é formado por quatro duplas de debatedores e uma dupla de juízes.

Enem PPL

Voltado para pessoas privadas de liberdade, o projeto oferece um curso intensivo preparatório para o Enem em presídios da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com duração de quatro meses, sempre no segundo semestre do ano, o curso é organizado e executado Gerência de Extensão e Relações Institucionais (GERI) da EG/FJP, pelo Núcleo Social da João Pinheiro Júnior, pelo Servas e pela Secretaria de Estado de Defesa Social, em parceria com a direção dos presídios beneficiados pelo projeto. A iniciativa visa contribuir para que pessoas privadas de liberdade consigam aprovação em instituições de ensino superior ou certificação de conclusão de ensino médio, possibilitando, em alguns casos, a oportunidade de redução de pena para os detentos participantes. Em 2016 o curso Enem PPL foi realizado presídio masculino Dutra Ladeira e no presídio feminino José Abranches. 

Juventude Cidadã

Realizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Jardim Felicidade, em Belo Horizonte, o projeto contempla a população de jovens da região, faixa etária ainda não atendida pelo CRAS. Com a realização semanal de rodas de conversa e oficinas, o projeto busca despertar nesses jovens o interesse pela vida comunitária por meio da conscientização de direitos e deveres relativos ao pleno exercício da cidadania. A partir de 2016 o projeto passou a ser realizado de forma conjunta com a Escola Pública do bairro, o que ampliou sua visibilidade e seu espaço de atuação. 

 

Atividades de Imersão

O conceito de “imersão” é utilizado quando o estudante universitário, a partir de um projeto pedagógico correlacionado ao seu processo de formação, se distancia de sua região de estudo deslocando-se para uma localidade distante com o objetivo de compreender uma nova realidade. Os projetos de imersão são desenvolvidos em conformidade com a metodologia de pesquisa/ação, na qual o estudante atuam e, ao mesmo tempo, aprende em conjunto com a população local por meio da troca de experiências, ampliando, assim, seus conhecimentos acadêmicos,  questionando/ratificando/retificando-os em confrontação com uma realidade específica.

Projeto Rondon

Projeto do Governo Federal sob coordenação do Ministério da Defesa (MD), o Rondon tem o objetivo de levar estudantes de Instituições de Ensino Superior (IES) a comunidades do interior do país para desenvolver ações voltadas para a construção e promoção da cidadania e para iniciativas de desenvolvimento local sustentável. As regiões prioritárias de atuação do projeto são aquelas que apresentam baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e exclusão social, além de áreas isoladas do território nacional que necessitem de maior aporte de bens e serviços. 

O projeto busca também consolidar o sentido de responsabilidade social e cidadania nos universitários brasileiros por meio de experiências práticas de convívio e atuação em municípios com diferentes realidades das diversas regiões do país. 

Por meio de participação nos Editais do projeto, a presença dos estudantes da Fundação João Pinheiro nas operações do Rondon acontece desde 2006, de forma voluntária, e se destaca pelo foco das ações no âmbito da administração pública, especialmente aquelas que gerem benefícios permanentes para as comunidades. 

Nesse contexto, as equipes da FJP atuam junto a lideranças comunitárias, funcionários da administração municipal e sociedade civil organizada por meio da promoção de cursos, oficinas, palestras e outras ações que contemplem temas como o acesso a programas/financiamentos do governo Federal, procedimentos para licitações, microcrédito e associativismo, entre outros.

10Envolver

Realizado em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais nos municípios mineiros com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o 10Envolver tem o objetivo de, em parceria com as populações locais, fortalecer os laços sociais, incrementar o trabalho das associações, promover o controle social e estimular a cidadania participativa.

As viagens ocorrem em janeiro, julho ou dezembro e, geralmente, são selecionados oito alunos do curso de Administração Pública para participar das atividades. Por duas semanas, os estudantes desenvolvem as atividades previstas em um plano de trabalho elaborado em conjunto pela Gerência de Extensão e Relações Institucionais (GERI) da Escola de Governo e o Ministério Público de Minas Gerais nos municípios contemplados.

Acordo FJP X UFLA

Desenvolvida em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), esta atividade de imersão tem o objetivo de levar estudantes de ambas às instituições a municípios de Minas Gerais com foco prioritário na cooperação com as prefeituras em iniciativas de melhoria da gestão.

Programa de Imersão na Administração e Gestão Municipal (Prinagem)

Programa de imersão iniciado em julho de 2016, o Prinagem envia estudantes do curso de Administração Pública para atuarem em municípios do interior de Minas Gerais pelo período de um mês. O objetivo central é propiciar a esses alunos vivência junto às administrações públicas municipais, atuando em áreas de planejamento, gestão, monitoramento e avaliação de projetos. De acordo com a oportunidade e conveniência do município, participam de cada módulo do projeto até cinco estudantes.

Em janeiro de 2017, cinco municípios foram atendidos pelo projeto em Minas Gerais, contabilizando a participação de 15 alunos da Fundação João Pinheiro.

 

 

Contato
 

Coordenação

Gerência de Extensão e Relações Institucionais
Mauro César da Silveira
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.   - (31) 3448 - 9594 / 9618

       

Local

Alameda das Acácias, nº 70, São Luiz - Belo Horizonte / MG
Cep: 31.275-150
Horário de atendimento: 8h às 17h